Notícia

Sebrae com apoio da Cacier e Aciu realizam Farol de Liderança Jovem

segunda, 09 de setembro de 2019
Cacier

 

Todo jovem já alimentou dentro de si aquela vontade pulsante de mudar o mundo, aquele anseio de transformar a sociedade, de fazer sua comunidade ser um lugar melhor para se viver. Nem sempre as circunstâncias fazem essa vontade se reverter em ações. Mas é justamente para capacitar os jovens para essa missão que o Sebrae em parceria com da Cacier e Aciu promoveram em Umuarama a primeira edição do “Projeto Farol: ampliando o alcance da liderança jovem”.

O curso começou nesta quarta-feira, 04 e terminou no nesta sexta-feira, 06 na sede do Sebrae Umuarama, onde 18 jovens participaram de dinâmicas, atividades individuais e coletivas que os fazem refletir sobre seus comportamentos e sobre o que o mundo espera dessa geração.

“O objetivo é preparar as futuras gerações de líderes para esse país. Nós não estamos cuidando disso. Acho que o Brasil começa a acordar para o fato de que temos uma geração que está envelhecendo, que está com dificuldade de responder ao mundo que está mudando de forma acelerada. É preciso que esses jovens estejam habilitados no tempo certo para ocupar as posições que talvez ‘caiam no colo’ deles e que vão exigir atitudes efetivas de liderança competente e transformadora”, esclarece o presidente da Cacier, Carlos Nascimento.

Foi com essa intenção que a jovem Sabrina Martins, empresária representante da Cacier pela Faciap Jovem. “Eu procurei o curso para me profissionalizar na área de liderança. Eu, como diretora da Faciap Jovem pela região, estou levando conhecimento para todos os jovens da região. A gente se profissionaliza e passa o conhecimento adiante: esse é o ciclo da vida. Nós jovens somos capazes de trazer uma nova visão, mudar velhos conceitos. São mentes frescas que agregam conhecimento e causam grande impacto na sociedade”, comenta a empresária. 

Umuarama foi escolhida para ser sede do curso, por ser o centro da região. Sobretudo, a intenção é sensibilizar os jovens para que tenham consciência que eles têm a responsabilidade de transformar para melhor as realidades onde estão: seja na comunidade, no bairro, na empresa, na escola, nas associações comerciais... Onde quer que eles estejam: que eles possam melhorar as condições e a vida das pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: